Já Pensaste a Falta que a Falta de Tempo Faz?

Já Pensaste a Falta que a Falta de Tempo Faz?

Já Pensaste a Falta que a Falta de Tempo Faz?

Já alguma vez pensaste nisso?

Que tal fazer uma retrospecção à Vida?

Quantas vezes já disseste a frase “não tenho tempo” sempre para justificar o que não conseguiste ou não consegues fazer.

E porquê?

Porque só vamos conseguir tornar os nossos dias mais produtivos por consequência com mais tempo para o que é mais importante, quando tivermos a consciência das nossas prioridades para que possamos organizar o nosso tempo a partir delas e aí sim já não se vai encontrar mais a frase “falta de tempo”.

É bom que todos nós pensemos nisto porque nem tudo é recuperável e o tempo não o é de certeza.

As decisões que tomamos e que ocuparam uma parte substancial do nosso tempo, determinaram uma direcção, originando que por exemplo família, filhos, amigos ficassem muitas vezes para trás. Na verdade foram essas decisões que nos levaram à direcção que decidimos seguir. Está feito e não tem volta, ponto final.

Agora pensa um pouco comigo e diz-me se concordas ou não quando digo que há momentos irrecuperáveis!

Já pensaste quando não pudeste acompanhar aqueles momentos da infância dos teus filhos, quando começaram a andar, a dizer as primeiras palavras ou até na fase da adolescência que é uma altura em que precisam muito de nós, porque a falta de tempo dos pais é uma das principais causas dos problemas de comportamento das crianças, só porque tu não estavas presente e sabes isso nunca mais vais conseguir recuperar, foi tempo que passou e não volta.

E aquele jantar de despedida de um amigo que ia para fora do país, que nem sabias se o verias mais algum dia e tu não pudeste ir porque o teu tempo estava todo ocupado.

E aquele passeio de família que seria tão agradável, mas tu não pudeste ir, falta de  tempo.

E quantas situações poderia enumeradas aqui, sempre com velho argumento da “falta de tempo”.

Na vida são muitos os momentos em que nos apercebemos que algo não está bem, porque tomamos decisões que nos levaram para uma direcção que não aquela que queríamos ir.

Mas isso acontece com todos nós. E aí começam as interrogações.

O que é que eu ando aqui a fazer?

Qual o sentido da vida, se não tenho tempo para nada?

Qual é a minha Missão?

Todos nós podemos ter uma vida fácil ou difícil, dependendo das coisas que fazemos. Se o que fazemos estiver alinhado com a nossa missão a vida será fácil senão estiver sem dúvida que a vida será difícil.

Agora Pensa comigo, e responde honestamente:

Não achas que era muito importante fazer uma lista de prioridades?

Verifica quais são as tuas prioridades:

É a família?

É estudar?

É ajudar pessoas?

É o trabalho?

É viajar?

É construir a casa dos seus sonhos?

Analisa de uma forma critica se estás investindo o teu precioso tempo naquilo que é prioritário para ti neste momento!

Este eBook é uma Oferta, clica na imagem e vais recebê-lo no teu email.

Foi isso que eu fiz, e conclui que o meu percurso de vida não era nada de aquilo que eu queria. Depois de algumas indecisões, decidi definitivamente mudar tudo aquilo que estava errado, decidi pensar mais em mim e aproveitar o tempo da forma que me desse mais alegria e compensações.

Há um ano atrás descobri a Comunidade da Tribo que tem por missão dar-nos poder através fundamentalmente de uma ferramenta informática ” O Blogue “ cada vez mais essencial para empresas e profissionais liberais como forma de divulgação dos seus produtos ou serviços.

Pertencemos a  uma Comunidade A Tribo dos Power Bloggers, constituida por grupo cada vez maior de Empreendedores Online Livres que trabalham e ganham dinheiro na internet.

Tudo mudou na minha vida, foi um ano intenso de valorização profissional, desenvolvimento pessoal e deu-nos um propósito de vida e uma consciência do sentido da vida.

Até Breve

Milú e António

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: