Etiqueta: dinheiro

Achas Que o Bill Gates ou o Steve Jobs Pediram Permissão Para Ficar Ricos?

Achas Que o Bill Gates ou o Steve Jobs Pediram Permissão Para Ficar Ricos?

 Olá hoje vou começar este meu artigo a colocar-te uma questão:

Achas que o Bill Gates ou o Steve Jobs pediram permissão para ficar ricos?

Deixa-me responder-te a isso…

NÃO! Isso está no seu ADN. É algo que que nasceu com eles.

E, adivinha…

Tu nasceste exactamente com o mesmo plano dentro de Ti …

Sabias que?…Tu nasceste rico.

Ao longo dos anos, porém, a tua alma pode ter sido espezinhada pelo medo e pelas inseguranças.

Isto acontece com todos os empreendedores,em algum momento das nossas vidas:

A opinião da maioria infiltrou-se na tua mente.
A opinião dos que não conseguem imaginar uma vida livre de stress, com bons carros, férias 6 vezes por ano, acordar à hora que se quiser, comer alimentos deliciosos de países cujo nome nem se atrevem a soletrar …

E isso não tem mal nenhum – porque tu não sabias!

Mas agora, que já sabes, é teu dever agir de forma diferente (e RÁPIDA)… que começa com a decisão de te rodeares das pessoas certas para transformar em riqueza todo o valor que tu tens.

 

Agora:

A tua vida pode mudar num instante… e a maneira mais rápida de veres isso a acontecer-te é começares por visualizar  e acreditar…

IMAGINA:

Imagina-te a teres o completo controle, poder e abundância na tua vida.

IMAGINA!

Essa visualização é possível porque tu já tens isso dentro de Ti!

Como te sentes, experimentando a sensação de ascensão na tua vida?

COMO TE SENTES?

Sabendo que finalmente decidiste agarrar a vida e fazer algo diferente, de modo a poderes viver uma vida inimaginável, agora?

Estamos num novo ano de uma nova era… e tu és livre!

Sentes o poder e agora estás a viver os teus sonhos!

COMO TE SENTES?

Como te sentes, quando te diriges ao trabalho na segunda-feira, sabendo que tens tudo dentro de ti, para te libertares?

Porque estás finalmente a ganhar dinheiro e a ter ter a vida que era suposto teres, quando nasceste…

Imagina o poder que vai trazer a todas as áreas da tua vida?

A tua nova vida, uma vida de beleza e abundância, começa no momento em que decidires.

Uma Boa Ideia e um Blog fazem milagres no marketing.

Verifica por ti mesmo!

Até Breve

Milú e António

Ao Não Arriscar…Vais Perder a Chance de Acertar!

Ao Não Arriscar…Vais Perder a Chance de Acertar!

 Já Pensaste que não arriscar é Perder a Chance de Acertar?

Correr riscos é algo fundamental para que alcancemos os nossos maiores objectivos.

Essa palavra “riscos” tem uma relação estrita com outras duas, que são possibilidadeoportunidade.

Mas na eventualidade de um fracasso ou de uma derrota, se por um lado se perde alguma coisa, por outro, a experiência de vida e a sabedoria aumentam.

Como diria Samuel Smiles ” Nunca se dê por vencido. Desenvolvemos a Sabedoria com os fracassos muito mais do que com os Sucessos.”

Não achas?

E foi também a muita experiência e a enorme sabedoria que qualificaram um grande amigo meu o Rodrigues, para o cargo de director de uma das maiores empresas da Europa.

Ele pediu-me para partilhar o seu PRINCÍPIO em algum artigo que escrevesse:

“Foi  a minha sabedoria que me trouxe até onde estou, mas ela não veio de livros, nem nada disso, ela veio dos meus fracassos.  Para qualquer oportunidade que tiverem, digam SIM. E ARRISQUEM. Só se tem a ganhar quando se arrisca.”

 

Eu acrescentaria que Jogar Pelo Seguro É Mais Arriscado Do Que Correr Alguns Riscos!

Esse discurso é muito coincidente com um outro bem famoso, do  Michael Jordan, que diz:

“Eu falhei mais de 9.000 cestos e perdi quase 300 jogos.

Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo… e falhei.

Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida.

E é exactamente por isso que sou um SUCESSO.

Michael Jordan simplesmente arriscou. Rodrigues, simplesmente arriscou.

Concordas?

Podes não concordar que não tem problema nenhum, mas se disseste sim, se concordas por que tens tanto medo do fracasso?

Se é por causa das perdas, vou te provar logo a seguir que, para a grande maioria dos riscos, só temos MESMO a ganhar.

Rodrigues contou uma história de uma empresa sua, já fechada.

Contou que teve fases muito duras de puro sofrimento e angústia, o stress de um negócio destinado ao fracasso, mas que ele tentava a todo custo manter e que os prejuízos comprometeram dois anos da sua vida e abalaram um relacionamento.

Essa era a sua vida mas tinha GRATIDÃO por tudo o que acontecera. Realmente, ele sofreu muito, mas também cresceu muito.

Sugeriu que todos vissem o filme “Brilho eterno de uma mente sem lembranças”, que conta a história de um homem desesperado com o sofrimento do fim do relacionamento com a namorada e que resolve apagar da memória toda a sua história com a sua ex.

Contrariamente, a consciência desse homem luta com toda a força para resistir ao desfazer da sua vida passada e da lembrança da sua grande paixão.

O filme torna se num drama na medida em que o telespectador capta a marcante mensagem do filme: a intensidade do nosso sofrimento, independentemente da história vivida, resulta no tamanho do património da nossa mente, no fundo resulta na nossa vida.

A minha esposa Milú tem a mesma opinião e diz muitas vezes … “quem não sofre, não vive”

Noutras palavras, a vida é um substrato da Sabedoria.

Não será por isso que usamos a expressão de comparação “vivência”?

Voltando agora ao fracasso e resumindo essa “perda”, ela tem duas componentes:

  • A dimensão física, que é a diminuição significativa de algo a que se dá muito valor: património, casamento, amizades.
  • E a dimensão emocional, que é a dor e o sofrimento da perda, incluindo o constrangimento social derivado da pressão de teres “o dever” de ser bem sucedido.

E como é que as pessoas comuns dimensionam uma experiência fracassada?

Normalmente precipitam-se em responder pelo volume do valor perdido e esquecem-se do ganho da experiência, que é a fórmula mais popular do sucesso.

Simples e incontestável.

E o que é que o Rodrigues, assim como Michael Jordan, uma pessoa fantástica, muito acima da mediania, pensam sobre o fracasso?

“Que todo sofrimento do presente é absorvido SEMPRE como um aumento de sabedoria futura, pela nossa mente”.

E ele concluiu que:

“Ao viver intensamente a nossa experiência, qualquer nível de sofrimento que dela derive é  enriquecer a nossa própria história e, consequentemente, a própria vida”.

O Sofrimento É Uma Das Bases Da Sabedoria.

 Daí a luta da consciência do homem do filme “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembrança”: a máquina estava a matar a sua mente, ou, noutras palavras, estava a destruir a sua Fantástica Sabedoria.

Meu amigo explica:

“sabedoria não se compra. Não há dinheiro que se pague por ela porque simplesmente não se pode   monetizá-la”.

E para ela crescer, só é preciso TEMPO E OPORTUNIDADES, que também dependem de nós, da nossa exposição, de aceitarmos os convites que nos fazem, de não termos medo de enfrentar julgamentos…

Regredindo o raciocínio: quando arriscamos, pode tanto enriquecer o nosso património, como no caso de fracassarmos enriquecer a nossa sabedoria.

Fantástico, não é mesmo?

Logo, os mais sábios são aqueles que mais arriscaram.

Hoje, ele conta com orgulho as histórias passadas de sofrimento.

E quando fala de toda a perda de património, prefere até detalhar: “XXX milhares de euros”, para depois concluir: “mas isso não é assim tão relevante. Isso tudo vai ficar para trás”.

O que é mesmo preocupante é a perda de tempo. Isso é irrecuperável. Nunca voltará. Porém, é essencial para acumular uma fantástica sabedoria.

E sobre o Risco?

Ele é somente a principal ferramenta da promoção da vida. Dinheiro tanto vai como vem rápido, o mais importante é a habilidade de saber usá-lo.

Nunca devemos então colocar o nosso património,à frente da nossa consciência ou da nossa sabedoria.

Não desperdices o teu tempo porque ele é valioso de mais e nunca o irás poder recuperar!!

De Mais a Mais a Tua Hora é AGORA!

Até Breve

Milú e António

A Arte de Ver a Vida Com Uma Atitude Mental Positiva!

A Arte de Ver a Vida Com Uma Atitude Mental Positiva!

Já Pensaste que se tiveres uma atitude mental positiva a vida será bem diferente?

Todos queremos ter uma vida feliz, e todos sabemos que se adoptarmos uma atitude mental positiva o retorno será o melhor .
Mas por muitas razões e situações de vida, todos nós em alguns momentos somos afectados por atitudes negativas mas que podem ser transformadas em positivas:

Há um ano atrás, andava muito em baixo, o meu estabelecimento comercial tinha falido, estava desempregada e não sabia o que fazer da vida.
O lado bom é que tinha muito tempo para pensar e isso fez-me perceber que estando no fundo do poço só tinha um caminho a seguir: saltar para fora do poço.

 

A partir desta tomada de consciência passei a adoptar uma atitude mais positiva, empenhei-me em ser optimista procurando coisas e pessoas positivas ao meu redor.
Aprendi a nunca desistir perante as adversidades e que os piores momentos podem ser fundamentais para mudar a nossa mente e colocarmos foco máximo no que é realmente importante.

Eu segui estes passos para ter um atitude mental positiva e se eu consegui qualquer pessoa o pode conseguir:

Assumir Formas de Estar Positivas é Uma Opção.

Por muito difícil que seja admitir, escolhes sempre os estados emocionais em que te encontras, podes é ter mais ou menos consciência disso.

Aquilo que importa saber, é que perante a sensação que se tem de sentimentos e pensamentos negativos, podemos aceitar o que estamos a sentir, e depois, mudar o seu estado interno e colocar-mo-nos numa atitude positiva, com pensamentos orientados para a solução.

Foge da Negatividade.

Se pretendes viver uma vida de alegria e felicidade, não podes de forma nenhuma alimentar os pensamentos negativos, movimentar-se de acordo com eles e muito menos tomar decisões num estado crónico de negatividade.
À medida que os pensamentos vão surgindo na cabeça, tomar consciência deles, verificar que são destrutivos e incapacitantes, não tens necessariamente que os seguir, nem tão pouco tentar eliminá-los.
Ter pensamentos negativos não é pernicioso.
O que prejudica é deixar-mo-nos dominar por eles, e tomar decisões baseadas nesses pensamentos distorcidos pela percepção ou incapacidade do momento.

Vira-te para o Lado Positivo da Vida

Podem não existir aspectos positivos em tudo. Acredito que muitas coisas não têm nada de positivo ou construtivo na nossa vida. E por certo todos nós já fomos confrontados com isso.
Mas as respostas e reacções, sim, podemos escolher o que fazer, que acções tomar e que atitude adoptar. As coisas que nos acontecem, em si mesmas podem não ser positivas, mas a forma como nos organizamos face a minimizar os danos colaterais ou a tentativa de reverter a situação, essa sim, pode e deve ser positiva.
Está ao nosso alcance e depende unicamente de nós.

Aumenta a Carga de Positividade em Ti.

Assim que consigas começar a detectar os padrões de negatividade e tomar controlo sobre os seus pensamentos e consequentes decisões a tomar, as tuas redes neuronais irão iniciar um processo de mudança e reforço.
Cada vez que conseguires reverter um estado de incapacidade ou uma atitude negativa, para uma atitude mais positiva, esses caminhos neuronais que foram activados aumentarão a sua força de resposta.
Isto quer dizer que aumentou a probabilidade de voltar a pensar da mesma forma em situações futuras, até que se estabeleça um padrão de respostas comportamentais mais satisfatório.
Este processo funciona como quando se treina um músculo, quanto mais exercitar este tipo de raciocínio, mais forte ficará.

A Felicidade e o Positivismo Devem Ser Partilhados.

A Felicidade Deve Ser Partilhada.

Precisas de ser positivo contigo próprio perante este novo e renovado padrão de atitude positiva para que possa realmente ter efeito, mas necessitas igualmente de te mostrares positivo com os outros. É reforçador e reconfortante a partilha da positividade ao mundo.

As pessoas apreciam a positividade e quanto mais compartilhares com os outros, mais praticas a atitude positiva reforçando-a na tua própria vida.

Se sentires que a ideia de seres uma pessoa positiva é difícil, diz a ti mesmo:

“Se alguém que realmente lutou contra uma atitude negativa, conseguiu mudar a sua vida, então eu com a aplicação destas etapas, também posso iniciar esse processo.”

E esse processo pode começar aqui e agora com uma atitude mental positiva em relação à vida.

No meu caso e quando saí do fundo do poço fiz uma promessa a mim própria de que tudo iria fazer para encontrar a felicidade e a liberdade que tanto ambicionava.
Encontrei na internet um projecto que me está a realizar profissionalmente e a proporcionar a liberdade financeira que dificilmente alcançaria se não tivesse tomado esta atitude.

Comecei com um blogue da Universidade da Tribo que te aconselho por já vir preparado para o marketing.

Hoje ganho dinheiro com a minha paixão.

Acredita em ti mesmo e relembra a lição mais importante de todas. Ter uma atitude positiva é uma escolha.
Escolhe ser positivo, escolhe ser feliz, escolhe um futuro sorridente.
A vida é para ser vivida da melhor forma possível, escolhe a tua!

Para Reflectir.

“Você não é quem você pensa que é, mas  o que você pensa lhe torna quem você é…”

Vale a Pena Pensar Nisto e Já Agora Porque Não Fazer Um Comentário!

Até Breve

Milú

Diz Basta…e Arrisca-te a Viver!

Diz Basta…e Arrisca-te a Viver!

Já Pensaste Que Pode Ser Este o Teu Momento de Dizeres Basta?

Não Achas Que a Vida é Preciosa Demais Para Ser Desperdiçada?

Dizer basta pressupõe o corte com algo ou com alguém, insinua mudança, abertura para coisas novas, até aí desconhecidas.

Largar aquilo que consideramos a nossa zona de conforto e partir para o desconhecido causa em algumas pessoas um enorme desconforto ou até mesmo pavor, o que as leva muitas vezes a adiar uma decisão com desculpas de circunstância algumas bem esfarrapadas.

 

Tentam justificar o injustificável e apenas se enganam a si próprias.

Faz uma retrospecção à tua vida e responde honestamente.

– Quantas vezes quiseste comprar um presente para um filho e não o fizeste porque o dinheiro não chega?

– Quantas vezes quiseste proporcionar umas férias á tua família e acabaste por ficar em casa?
– Quantas vezes quiseste ter tempo para ti e para os teus, mas o trabalho não te permitia?
– Quantos vezes os sonhos ficaram por realizar?


Não achas que chegou a tua hora de poderes proporcionar tudo isto e dizer Basta?

– Basta da falta de dinheiro.
– Basta da falta de tempo.
– Basta de sonhos adiados.
– Basta de um emprego que não te realiza.
– Basta desta vida sem sentido.

Não adies mais porque o tempo não espera, e a partir do momento que tomas a atitude de dizeres basta, tu podes fazer o que quiseres, e a tua vida será o que tu decidires.

Dá o Basta Final abrindo as Portas a Um Futuro Sorridente.

Nós Assim fizemos!

Somos um casal com mais de 50 anos que há 6 meses atrás, depois de muitas indecisões e incertezas resolvemos dizer com toda a nossa força BASTA.

Queríamos romper com o passado e avançar para uma vida nova, fazendo algo diferente que nos proporcionasse saborear a vida de uma forma diferente.

Uma mensagem no facebook despertou-nos a atenção e o vídeo que vimos a seguir que esclarecia sobre um negócio na internet, fez-nos adensar as nossas expectativas. Depois de uns tempos de análise e respostas esclarecedoras a todas as nossas dúvidas, avançamos sem medo!

Ofereço-te este Ebook escrito pelo meu patrocinador Rui Gabriel. A leitura do mesmo foi Fundamental para a Mudança que se operou em nós.

 

Não tínhamos o mínimo de conhecimentos nesta área de “Internet Marketing” mas acreditávamos neste projecto e sabíamos que íamos ter formação e apoio de toda uma equipe fantástica, com a vontade que tínhamos de aprender, e o foco nos nossos objectivos, estamos finalmente a realizar algo que nos dá prazer, que nos permite desfrutar a vida e também muito importante, fazer a diferença na vida de muitas outras pessoas.

A nossa coragem ao dizer:

-Basta a um negócio de Papelaria que só nos causava problemas.
-Basta a um emprego de 42 anos que se tornou cansativo e frustrante.
-Basta não termos tempo para nós e para a nossa família e essencialmente para os nossos filhos.
-Basta de ter de viver no meio de preocupações e aflições com a falta de dinheiro

Foi esta a nossa decisão e está a proporcionar-nos a vida que sempre sonhamos.

Teríamos um enorme prazer em ver os teus sonhos serem realizados também.

Obrigado por estares aqui a ler este meu artigo, tem um óptimo dia, Tu mereces.

Até Breve

Milu e António

 

%d bloggers like this: